terça-feira, 22 de novembro de 2016

Ora vamos lá transformar isto num blogue de lifestyle com uma sopa de abóbora e fotos de comida

Se há coisa que nunca procurei na internet foi receitas de sopa. Para mim sopa é misturar num tacho uns legumes a gosto, com sal, água e azeite, e passá-los até ficarem puré. O truque está na quantidade de cebola e alho, e quem sabe algumas ervas aromáticas e condimentos, e em não usar cubos de caldo.

Quando chega o Outono, o que me apetece é pôr abóbora em tudo, por isso comemorei o tempo frio aqui há dias com uma sopa de abóbora. Certa vez vi o Jamie Oliver fazer uma sopa com um aspecto tão bom que jurei que um dia ia experimentar. Mas aquilo dava uma trabalheira. Era de abóbora, mas os ingredientes iam primeiro ao forno antes de irem para o tacho. Ninguém tem tempo para isso, não é verdade?

Esta sopa que fiz leva abóbora-menina, aquela não nos desloca o ombro quando a levamos para casa depois das compras, batata, cebola, bastante alho e um pimento amarelo que estava a murchar no frigorífico. Foi tudo refogado com azeite, antes de levar com um banho de água fria para cozer, e depois passado.

Servi com pevides de abóbora tostadas (mais uma vez tive preguiça de usar o forno, por isso usei uma frigideira), uma bruschetta aldrabada, com tomate, pimentos, manteiga de alho, queijo mozarela, jalapeño em conserva e óregãos (leva-se aquilo a tostar e como o forno estava muito bem quieto, usei o grill do microondas) e uns rolinhos feitos com tortilhas de trigo, presunto, queijo e folhas de espinafre, tudo tostado também.

Basta-me agora incluir umas fotos para isto ser oficialmente um blogue de lifestyle, não é?


Vanessa

1 comentário:

Hellen Henriques disse...

Apesar do bom aspeto é tudo demasiado saudável para a minha pessoa :p

Beijinhos, Hellen ❤
http://instantesimprovaveis.blogspot.pt/